• Facebook
  • Instagram

Rafael Freire, fotógrafo e modelo, desde 2013 negro e nascido em uma das segundas maiores favelas do Brasil, a favela de Belo Horizonte. Desde então, suas fotos tem como objetivo enaltecer a beleza negra e a da favela.

Ele tem muita história por trás de suas fotografias. Rafael começou a se interessar pela fotografia entre seus 15 e 17 anos, depois de ter vivido uma grande decepção em sua vida.Pediu uma câmera velha para sua irmã e, a partir daí, ficou por volta de um ano fotografando formigas e a natureza. Mas teve que abandonar o hobby depois que sua câmera quebrou, só voltando a fotografar depois de dois anos.

Durante esse tempo, em que sua "vida triste" -de acordo com ele- voltou, ele começou a escrever poesias. "Eram poesias tristes, eu era um menino triste" afirma ele, quando conta da sua história, que eram assinadas com "Menino Freire" no final.

Mostrar mais