• Facebook
  • Instagram

Marcos L. L. Palhano, 42, natural de São Luis-MA, iniciou seus estudos em fotografia no Centro de criatividade Odylo Costa Filho em São Luis-MA. Graduou-se em Fotografia pela Universidade Paulista – UNIP, em 2012. Desde 2007 vem fotografando o encontro dos diversos grupos de Bumba-Meu-Boi, manifestação de cunho popular que acontece nos dias de São Pedro e São Marçal em São Luis-MA. Atualmente vem desenvolvendo duas Series Fotográficas intituladas Oferendas “Indícios do Sagrado”, serie apresentada no IV Encontro Nacional de Estudos da Imagem (ENEIMAGEM, 2013) e “Estética do Abandono, 2013 - ...”, onde questiona o abandono dos espaços publicos e privados, pelo humano. Na questão religiosa, vem documentando o Tambor de Mina, tendo como foco a casa Kwê Mina Odan Axé Boçô Dá-Hô, localizada em São Paulo e as demais casas de mesmo seguimento. A documentação se encontra em aberto e teve inicio em agosto de 2012 em Diadema na casa matrix de Toya Jarina. Em 2020, é selecionada para a sua primeira exposição coletiva virtual 3D, pela Galeria Eixo, de Niteroi, Rio de Janeiro.

Mostrar mais