Marcos_Palhano_-_Marcão_Palhano.jpg
  • Facebook
  • Instagram

Marcos L. L. Palhano, 42, natural de São Luis-MA, iniciou seus estudos em fotografia no Centro de criatividade Odylo Costa Filho em São Luis-MA. Graduou-se em Fotografia pela Universidade Paulista – UNIP, em 2012. Desde 2007 vem fotografando o encontro dos diversos grupos de Bumba-Meu-Boi, manifestação de cunho popular que acontece nos dias de São Pedro e São Marçal em São Luis-MA. Atualmente vem desenvolvendo duas Series Fotográficas intituladas Oferendas “Indícios do Sagrado”, serie apresentada no IV Encontro Nacional de Estudos da Imagem (ENEIMAGEM, 2013) e “Estética do Abandono, 2013 - ...”, onde questiona o abandono dos espaços publicos e privados, pelo humano. Na questão religiosa, vem documentando o Tambor de Mina, tendo como foco a casa Kwê Mina Odan Axé Boçô Dá-Hô, localizada em São Paulo e as demais casas de mesmo seguimento. A documentação se encontra em aberto e teve inicio em agosto de 2012 em Diadema na casa matrix de Toya Jarina. Em 2020, é selecionada para a sua primeira exposição coletiva virtual 3D, pela Galeria Eixo, de Niteroi, Rio de Janeiro.

press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom
press to zoom